01

Como se organizar para criar uma rotina de brincadeiras com o seu filho

Sexta-feira, 08 de Fevereiro de 2019

Fonte: Freepik

 

A maioria das mamães sabe a importância das atividades sensoriais para o crescimento e desenvolvimento dos pequenos. Elas podem ser muito dinâmicas e divertidas, e tem a função de ajudar na evolução cognitiva da criança ao se estimular os 5 sentidos - tato, olfato, paladar, audição e visão -, tendo em vista que até os 5 anos de idade a mente os absorve mais facilmente.

 

Por isso, a seguir você vai conferir como organizar uma divertida rotina de brincadeiras para você se divertir com seu pequeno – ao mesmo tempo em que colabora para o desenvolvimento saudável da criança!

 

Neste artigo, você vai encontrar:

 

  • Dicas para organizar a sua agenda de atividades.
  • A importância de se comprometer.
  • Como criar uma lista de atividades sensoriais.
  • Como preparar as brincadeiras.
  • Como aproveitar o momento ao máximo.
  • E ainda dicas para organizar a rotina dos pequenos.

 

Vamos lá?

 

Como se organizar para criar uma rotina de brincadeiras com o seu filho

 

Todos sabemos da importância de se ter uma rotina, seja no trabalho, com os afazeres domésticos e também com os nossos filhos. Principalmente quando a criança é muito nova (na faixa de 0 a 3 anos), a rotina se torna ainda mais indispensável.

 

Embora a vida dos pais seja muito mais agitada e cheia de compromissos, com um pouco de organização e comprometimento é possível a criação de uma rotina especial para a realização de atividades com as crianças. Confira o passo a passo de como se organizar:

 

  1. Confira a sua agenda de atividades - Se preciso, coloque todas as suas obrigações diárias em um papel, desde os afazeres domésticos até a quantidade de tempo que passa no trabalho, realizando tarefas corriqueiras e por aí vai. Certamente você encontrará 20 ou 30 minutinhos por dia de sobra entre uma atividade e outra.
  2. Se comprometa - Nada na vida vai para frente sem comprometimento, certo? Portanto, se você estabeleceu que das 17h às 17h30 será o momento reservado para realizar as atividades com o seu filho, cumpra o que foi pré-estipulado. É claro que imprevistos acontecem, mas procure pensar neles como exceção, e não como regra.
  3. Crie uma lista de atividades sensoriais - Para facilitar, busque na internet, em livros ou onde desejar ideias de atividades sensoriais para crianças que auxiliam no desenvolvimento motor, cognitivo e criativo e faça uma lista. Durante a semana, você poderá se organizar escolhendo as melhores e mais adequadas para se realizar de acordo com o seu planejamento, além de variar a brincadeira, para que seu filho não acabe perdendo o interesse.
  4. Prepare as atividades com antecedência - Nesses casos, cada segundo é precioso e, se você já separou as atividades sensoriais do mês, é possível prepará-las com antecedência. Deixando os materiais organizados com antecedência é muito mais fácil de brincar!
  5. Aproveite os bons momentos juntos - Esqueça um pouco da rotina, do estresse e curta muito com os pequenos! É importante tanto para os adultos como para as crianças a interação e a demonstração de afeto e interesse na hora de brincar, ou seja, coloque a mão na massa junto. Você com certeza irá se surpreender com a grande curiosidade e a criatividade que seu filho irá demonstrar durante as brincadeiras.

 

Fonte: Pixabay

 

Como organizar uma rotina com as crianças

Como dito anteriormente, a rotina é essencial na vida dos pequenos e a organização ajuda para que eles consigam compreender e se ajustar melhor aos compromissos e tarefas destinadas a eles durante o dia. Portanto, é importante:

 

  • Defina horários para tudo - desde a hora da soneca, do almoço, de tomar banho e de brincar. Assim, tanto a criança quanto a mãe podem se organizar e ter o tempo certo reservado para cada atividade.
  • Estipule a quantidade de tempo que levará para a realização de cada uma delas, aproximadamente.
  • Separe os horários de brincar em diferentes etapas: a hora de brincar no parquinho, de ver televisão, de brincar especialmente com o papai ou a mamãe e por aí vai.

 

E não se esqueça, a rotina de brincadeiras é tão importante como qualquer outra, e ajuda muito no desenvolvimento da criança, além de melhorar o vínculo afetivo entre pais e filhos. Além disso, o acompanhamento pediátrico é indispensável para o bom desenvolvimento infantil e seu crescimento saudável, e deve ser feito regularmente.

 

 

Post feito em parceria com a OMO.

 

Para receber atualizações e novidades

Redes Sociais

Aplicativo