Para receber atualizações e novidades:

Blog

Como se organizar para a Black Friday?

25 de Novembro de 2016 Kalinka Carvalho

 

O que é a Black Friday?

O termo é de origem americana e dá nome a uma açāo de vendas que abaixa os preços dos produtos de varejo por 24 horas, nos Estados Unidos ela acontece após o feriado mais tradicional de lá que é o de Açāo de Graças. Ela veio para o Brasil em 2010 através de uma empresa especializada em cupom de descontos, a Busca Descontos. 

 

 

Vamos a algumas dicas:

1) Faça uma lista dos produtos que esteja "namorando"; 

2) Verifique os preços originais em no mínimo 3 lojas, tire print das ofertas para depois comparar e ver se realmente vale a pena; 

3) Defina as suas prioridades, veja o que da sua listinha é realmente importante adquirir;

4) Pesquise todas as categorias que te interessam, os produtos mais procurados geralmente sāo os eletrônicos, mas existem outros produtos; 

5) A maioria das ofertas concentra-se no comércio eletrônico, mas existem lojas físicas quem entram na "brincadeira"; 

6) Os descontos variam de 30% a 80% de descontos nos produtos e serviços. Essa é uma boa oportunidade para fazer as compras de natal; 

7) Se for fazer compras online, pesquise no site Reclame Aqui para ver a reputaçāo da loja; 

8) A Câmera Brasileira de Comêrcio Eletrônico criou um programa que visa dar credibilidade as empresas que seguem algumas regras e as certifica com um selo de qualidade. Confira mais informações no site: blackfridaylegal2016.com.br

9) Veja também o site Loja Confiável que apresenta a lista das lojas que estāo preocupadas com a prestaçāo de um bom serviço ao consumidor e o site Pelando que compartilha as melhores promoções. 

10) A Black Friday deve ser prazerosa e ter realmente uma vantagem no preço, nāo vire refém de ações de vendas comprando coisas desnecessárias simplesmente porque o preço abaixou, pense bem antes de comprar! 

 

Fique atento!

O Procon - Programa de Proteção e Defesa do Consumidor ajuda a mediar os conflitos entre os consumidores e os fornecedores de produtos e serviços e já teve denúncias de que empresas haviam inflacionado o preço dos produtos antes do Black Friday para que conseguissem vendê-los pelo preço regular durante a oferta. Veja a lista das lojas que já receberam reclamações e devem ser evitadas.

 

 

Dica:

Sites como ZOOM, BUSCAPÉ, SUBMARINO E MERCADO LIVRE te ajudam a fazerem as melhores compras. 

Assinatura