Para receber atualizações e novidades:

Blog

Entrevista com a personal organizer: Debora Quirino

26 de Dezembro de 2016 Kalinka Carvalho

Hoje a última entrevista do ano é com a personal organizer Debora Quirino, mas ela também responde como Maria Arruma Tudo. Esse é o nome do seu blog, ela é administradora de empresas e consultora em organização. Atua de maneira consciente e sustentável, sempre ensinando aos seus clientes a importância de se reciclar objetos. Vamos conhecer sua trajetória?

 

 

Debora Quirino é catarinense, casada e māe de uma linda menina. É formada em Administraçāo de Empresas e já teve uma consultoria de mídia. Veio para Sāo Paulo acompanhar seu marido jornalista. Abriu māo da carreira para ser māe e depois de 2 anos ao retornar ao mercado de trabalho, seu companheiro indentificou nela a vocaçāo para organizar e dai começou o seu negócio. Fez cursos, leu livros, atendeu clientes e resolveu compartilhar suas dicas do Blog Maria Arruma Tudo hoje hospedado no R7, ela também tem um grupo no facebook. 

 

 

 

1) Kalinka: O que é um personal organizar?

Debora: Uma Personal Organizer é um profissional especialista em organização,  seu objetivo é trazer as pessoas mais qualidade de vida, seja organizando sua casa, seu escritório ou até mesmo ajudando-as à desenvolver e alcançar sua metas.

 

 

2) Kalinka: Como funciona o trabalho de uma personal organizer?

Debora: O trabalho consiste em avaliar o problema e o grau de desorganização do cliente, buscando soluções práticas e funcionais para a resolução do mesmo.

 

 

3) Kalinka: Quem são as pessoas que precisam de uma personal organizer?

Debora: Pessoas que trabalham fora e não têm tempo de cuidar da casa; pessoas que não conseguem criar e organizar corretamente a sua agenda; pessoas que tem pouco espaço e muitas coisas, enfim qualquer um que não consiga organizar sua vida produtivamente.

 

 

4) Kalinka: A quanto tempo você trabalha como personal organizer? Porque resolveu ser personal organizer? O que mais gosta de organizar? 

Debora: Me tornei Personal Organizer em janeiro de 2013, depois de fazer uma revolução evolução no quartinho de empregada lá de casa. O que antes estava mais para um depósito, um quarto de bagunça, acabou se transformando num estúdio de música para o meu marido e, ao mesmo tempo, um quarto de passar. Ainda sobrou espaço para as nossas tranqueiras. O resultado ficou tão bacana que meu marido me disse: “Você poderia trabalhar com isso!” e essa frase mudou minha vida, literalmente. Resolvi fazer um curso de Personal Organizer, estudei, li vários livros a respeito e descobri que organização é muito mais do que colocar as coisas no lugar certo, organização tem a ver com qualidade de vida! Ou melhor, qualidade de vida tem a ver com organização!

E junto com o curso e os livros, surgiu a ideia de criar um blog diferente: O Maria Arruma Tudo, onde eu pudesse não só dar dicas para facilitar o dia-a-dia das pessoas, mas provar que manter a casa organizada não é besteira. Ao contrário, tem a ver com equilíbrio, com unir mais a família, dar mais valor às coisas, educar os filhos e ser feliz!

Quando a gente tem a casa em ordem, nossa vida também entra em ordem e tudo mais flui de maneira melhor.

Nos meus laboratórios já descobri que meu negócio era projetos diferenciados e, quando a gente foca, não tem jeito, a energia chama, e foi o que aconteceu.

Já fiz desde organização de escola de dança e brinquedotecas, até apartamento de um casal de acumuladores que estava fechado há anos (desde a morte do marido). Descobri que meu nicho é a organização mental e que as pessoas que me procuram precisam mesmo de ajuda porque, em algum momento sofreram algo na sua vida que fez com que tudo desandasse, e eu as ajudo, não só colocando ordem na casa, mas organizando seus pensamentos para que voltem a ter uma rotina positiva e se tornem produtivos outra vez. Então, em resumo, o que mais gosto de organizar é a mente das pessoas.

Fonte: Fotos do arquivo pessoal da Debora Quirino

Fonte: Fotos do arquivo pessoal da Debora Quirino

 

 

 

5) Kalinka:  O que é necessário para se tornar uma personal organizer?

Debora: Para se tornar uma PO, não basta saber organizar a casa, dobrar bem as roupas, você precisará ser criativa e descobrir métodos que facilitem a vida do seu cliente, sempre lembrando que cada pessoa é de um jeito e tem necessidades diferentes. Faça cursos, leia livros, mas antes descubra qual seu nicho e invista nele. Nada de atirar para todos os lados. Especialize-se no que você faz de melhor.

 

 

6) Kalinka: Onde atua o personal organizer? Há mercado para a profissão? Como é cobrado o valor?

Debora: Uma PO poderá atuar em qualquer área que necessite de organização para melhor produtividade. Você poderá atender desde uma dona de casa desorganizada e consumista até um executivo muito ocupado. Pode atender empresas e fazer mudanças. Gerenciar rotinas e criar planos de ação. Tudo dependerá do seu conhecimento e do nicho que você escolher.

Nossa profissão está em plena ascensão e há sim, muito mercado para quem sabe empreender de maneira correta.

Quanto ao valor: Quanto maior a sua experiência e o grau de dificuldade do projeto, mais valor agregado. Faça o calculo em horas, mas venda por projeto, assim o cliente não se prende no tempo estipulado. Não queira cobrar algo absurdo, assim você terá mais chances de fechar negócio. Valorize-se, mas não se superestime.

Conheça o blog da Debora, o Maria Arruma Tudo

 

 

7) Kalinka:  Cite 3 coisas boas e 3 ruins de ser uma personal organizer?

Debora:

Coisas boas:

  • Melhorar a qualidade de vida das pessoas

  • Terminar um projeto e receber aquele obrigado sincero com brilho nos olhos

  • Poder ser um gatilho de transformação na vida dos outros

Coisas ruins:

  • Perceber que muitos ainda não reconhecem a importância desta profissão

  • Carregar peso (rs)

  • Ainda há muitas pessoas que confundem o que fazemos com o trabalho de arrumadeira nos fazendo perder tempo em visitas improdutivas.

 

 

8) Kalinka:  Dê alguma dica de organização ou conselho para nossos leitores:

Debora: Dica de organização: Mantenha sempre um cesto de bagunça em locais estratégicos da casa. Faça com que todos deixem suas coisas apenas ali e que, no final do dia, elas sejam guardadas em seus devidos lugares. Não acumule tarefas, faça hoje o que é de hoje.

 

 

9) Kalinka: Indique algum produto de organização que acha essencial ter:

Debora: Produto de organização indispensável: cestos! De todos os tamanhos e para todas as coisas!

Fonte: Aliexpress

 

 

Finalizamos com uma frase da Debora: 

“A semana acabou e você não conseguiu, mais uma vez, concluir sua meta? Você pode estar com o que eu chamo de desorganização mental, ou seja, um acúmulo de ideias e obrigações que não se concretizam e que podem, ao longo do tempo, gerar até depressão. Através de uma conversa on-line, nós iremos desenvolver juntos suas metas e tarefas e concluir seus objetivos. Você poderá contar com toda a orientação necessária para organizar de vez a sua vida".

Para acompanhar o trabalho da Debora, segue seus contatos: 

Site

Facebook

Instagram

You Tube

 

 

 

Assinatura