Para receber atualizações e novidades:

Blog

Entrevista com a personal organizer: Mara Negri

22 de Maio de 2017 Kalinka Carvalho

Hoje recebo a personal organizer Mara Negri, proprietária na Mosaico Organizer e Organizadores Gauddi. Ela é uma pessoa muito especial e tem como sua especialidade o foco em organizaçāo para idosos, possui até curso nessa área. Hoje vamos conhecer a trajetória dela e saber um pouco mais sobre suas especialidades, ela inclusive tem um curso de organizaçāo para Idosos na OZ Organize sua Vida. 

 

Mara Negri é formada em Propaganda & Marketing pela UNIP. Trabalhou por 8 anos com marketing e organização de eventos de médio e grande porte e tem experiência de 20 anos na área comercial. Há 3 anos atua como Personal Organizer, certificada OZ! Organize sua Vida,  atua como organizadora, consultora  e instrutora de cursos e colunista do site “O Hall”. Autora do primeiro curso do Brasil sobre “Atendimento e Organização para 3ª. Idade”, que se tornou um curso de especialização para Personal Organizer. Sou associada a ANPOP (Associação dos Profissionais de Organização e Produtividade), na qual fui integrante da Comissão Gestora Comercial.

 

 

 

1. Kalinka: O que é uma Personal Organizer?

Mara:  É um “organizador profissional pessoal”, que auxilia pessoas de forma absolutamente personalizada, a obter um bem precioso e raro hoje em dia – o tempo. Nós aplicamos uma técnica e metodologia específica da profissão, na organização de objetos e pertences.A Personal Organizer leva a “saúde funcional” para locais que estavam aparentemente bagunçados e sem solução!

 

 

2. Kalinka: Como funciona o trabalho de uma Personal Organizer?

Mara: O trabalho é realizado com base no estilo de vida da pessoa que contrata o serviço. Usamos a nossa técnica para deixar tudo funcional e lógico, mas de uma forma que fique com o “jeito do cliente”. Afinal a personalidade dele, tem que estar presente do começo ao fim do projeto. De um modo geral, visitamos para avaliar o local, dimensionamos o projeto, assinamos o contrato, executamos a organização, treinamos a responsável pela manutenção e entregamos o local totalmente organizado e categorizado.

 

 

3. Kalinka: Quem são as pessoas que precisam de uma Personal Organizer?

Mara: Pessoa sem tempo para se organizar, pessoas que tem uma rotina muito intensa, que precisam ganhar tempo, ou simplesmente que não gostam de organizar as próprias coisas, seja em casa ou no trabalho.

 

 

4. Kalinka: Há quanto tempo você trabalha como Personal Organizer? Porque resolveu ser Personal Organizer? O que mais gosta de organizar?

Mara: Trabalho há pouco há 3 anos. Eu não procurei a profissão. Aconteceu naturalmente. E cheguei nela atráves de uma amiga Personal. Eu na verdade nem era “organizadinha”. Eu apliquei na minha vida, e pude observar os resultados positivos que eu colhi no tocante ao tempo, ao meu humor e a minha ansiedade. Assim, fui me interessando pela profissão. Como estava em fase de mudança, foi tudo se encaixando naturalmente. Depois ingressei na profissão de Personal Organizer. Primeiramente, comercial que sou por natureza, me interessei muito pelo fato desta profissão permitir inúmeras parcerias. Nem todos os recém formados percebem esta possibilidade... Mas, para mim, que sempre vejo negócio em tudo, foi cristalino! Eram (e ainda são), inúmeras as possibilidades que a profissão oferecia. Amei. Isso, somado ao fato de eu ter aplicado na minha vida a organização e ter colhido resultados, resolvi arriscar. E deu certo! Ou melhor, vem dando certo, afinal “o empreender” é todo dia. Eu tenho um preferência por organizar casas. Preferência de idosos. E dentro da casa, tenho uma quedinha por organizar roupeiros de cama mesa e banho

 

 

5. Kalinka: O que é necessário para se tornar uma Personal Organizer?

Mara: Gostar de atendimento ao público e ter paciência com suas diferentes personalidades. Gostar de ajudar o outro, ter muito bom senso, por ser um trabalho íntimo, ser organizado ou estar disponível para aprender a sê-lo. Fazer um curso muito profissional. O que significa isso? Um curso completo. Que não fale só de dobras, que fale da parte de business também. O que eu quero dizer, é que jamais um bom curso de Personal Organizer Profissionalizante, pode ser ter duração de 01 dia, como vejo por aí... Fazer cursos complementares (é simplesmente: fun-da-men-tal) de finanças, marketing, vendas, enfim, suprir sua deficiência como profissional. Seria assim como: mergulhar no SEBRAE. Percebo as pessoas fazendo muitos cursos de tipos de organização. Mas, das matérias acima, nem tanto.

 

 

6. Kalinka: Onde atua o Personal Organizer? Há mercado para a profissão? Como é cobrado o valor?

Mara:  O Personal, pode atuar em dezenas de setores que estão dentro dos seguintes segmentos: Corporativo e Residencial. O mercado de Personal Organizer está longe de saturar. A profissão é muito abrangente e o consumidor brasileiro aceita bem prestador de serviços, dentro da própria casa. Mas, como toda profissão, se sobressairão: os que se gabaritarem para isso e os mais profissionais! Você pode cobrar por hora ou por projeto. Ou seja, se o serviço terminar antes do prazo combinado você não devolve valores. E, se você terminar um dia depois, também não cobrará nada a mais. Mas, embora deva ter o seu valor de hora muito bem definido, orientamos cobrar mais por projeto. Isso por vários motivos, que num bom curso você aprenderá e entenderá melhor.

 

 

7. Kalinka: Cite 3 coisas boas e 3 ruins de ser uma Personal Organizer?

Mara:  boas:

a. É uma profissão altamente gratificante. Você lida com 100% de satisfação do cliente .

b. Você sente que realmente ajuda as pessoas, porque levou uma nova proposta de hábitos para a vida delas. Hábitos novos que refletirão muito positivamente.

c. Não tem rotina. Cada cliente é único e a tratativa também

Ruins;

a. Existe uma dificuldade de compreensão do conceito e objetivo real do nosso trabalho por parte da população, por parte do consumidor em geral, independentemente de classe social. Ainda nos veem como pessoas que dobram roupas. O “dobrar” é o mais simples dos atos, dentro de todo o escopo que envolve um projeto de Organização Profissional na vida de alguém que contrata um serviço desta natureza.

b. É um trabalho cansativo, fisicamente falando, por vezes.

c. Ainda desconhecido. Começando devagar a melhorar.

 

 

8. Kalinka: Dê alguma dica de organização ou conselho para nossos leitores:

Mara: 

a. Seja sistemático

b. Comece guardando, ou pondo para lavar, a roupa do seu quarto que você deixou no dia anterior  “tomando um ar”, quando chegou cansado do trabalho. Depois que esta atitude ficar automática, e não perceber mais que a faz, passe a organizar outras coisas dentro do próprio quarto. Quem sabe guardar os sapatos do dia anterior? E, assim vá fazendo e passe para outros cômodos da casa.

c. Defina lugar para ser guardado cada coisa. Seja o que for, deverá ter um lugar e todos na casa deverão saber aonde é.

d. Ao guardar alguma coisa, não a deixo no meio do caminho!  Leve-a direto para “o lugar dela”. O objeto não tem pernas, não voltará pra o lugar sozinho.

e. Todos os dias, antes de dormir, seja sistemático. Separe 30 minutos e saia recolhendo coisas pela casa, e  guarde-as. A casa vai acordar em ordem, e você de bom humor porque terá menos coisas para fazer.

 

9. Kalinka:  Indique algum produto de organização que acha essencial ter:

Mara: Eu sou absolutamente encantada, e difundo muito o uso dos organizadores que são como caixas flexíveis, com zíperes. Como grandes necesseries quadradas. Daquele tipo que você usa na mala de viagem, para organizar roupas ou looks, e que na volta trazem as roupas sujas, sabe? É multiuso, porque além de usar em viagem, em casa organizam rasteiras, tênis, tricô, camisetas, amo.  

 

 

E ai gostou de conhecer a Mara? Abaixo segue os contatos dela:

      

mosaicoorganizer.blogspot.com.br

E-mail:  mosaicoserv@gmail.com

Cel:  (11) 98104-8336

Instagram Mosaico

Instagram Organizadores Gauddi

Facebook Moisaco

 

 

 

Assinatura