Para receber atualizações e novidades:

Blog

O que é minimalismo?

07 de Agosto de 2017 Kalinka Carvalho

Já escrevi no blog um post sobre essencialismo e hoje venho falar sobre um tema que está sendo muito falado na mídia: o minimalismo. Tem um post aqui no blog que fala sobre a decoraçāo minimalista.

 

Vamos começar dizendo que ser minimalista nāo é ter coisas pretas e brancas, morar em um local pequeno com poucas coisas e virar um nômade. Minimalismo nāo é uma religião, é um estilo de vida, uma ferramenta usada para livra-se de excessos.

 

A palavra surgiu nos anos 60 nos EUA, ela define o conjunto de movimentos artísticos e culturais que percorreram vários momentos do século XX, manifestados através das artes visuais, design e música.

 

Nossa cultura diz que ter coisas te faz uma pessoa mais feliz, é o que chamamos de consumismo. Já o minimalismo vem debater essa tendência de querer comprar coisas para atingir nossa felicidade. Ele defende em ter menos coisas, aproveitar a liberdade de ter menos e ser feliz dessa maneira.

 

Como consultora em organizaçāo eu sempre incentivo meus clientes a fazerem o descarte, que nāo significa jogar suas coisas fora, e sim verificar o que realmente usa e é importante em sua vida, eliminando excessos e abrindo espaço para o novo.

 

Recentemente assisti a um documentário: Minimalism: A documentary about the important things da dupla Joshua Fields Milliburn e Ryan Nicodemus, conhecidos como The Minimalists. O documentário conta a história deles e a relaçāo deles com o consumismo, há também entrevistas com pessoas de diversas áreas.

The Minimalists

 

A história de Joshua foi que em 2009, ele perdeu a māe e se divorciou e resolveu adotar uma vida minimalista e em 8 meses reduziu suas posses em 90%. Já seu amigo Ryan foi demitido e vendo que seu amigo andava mais feliz resolveu aderir, mas ele foi bem mais radical. Empacotou seus objetos como se estivesse mudando de casa, e depois de 21 dias viu que só precisou retirar 20% dos objetos empacotados. Eles decidiram compartilhar essa experiência em seu site: minimalists.com e que veio a se tornar um documentário.

 

Para te ajudar a ser mais minimalista:

 

  1. Tenha objetos que te tragam boas vibrações (quebrado, rasgado, que tenha lembranças negativas, ou que nāo combinam com você nāo ficam);
  2. Tire coisas duplicadas ou que tenham a mesma função (você realmente usa?);
  3. Descartar pode ser vender, dar ou doar (os objetos nāo ficarāo mais com você, mais poderão servir para outros);
  4. Sempre faça o processo de se “livrar” das coisas que nāo fazem mais sentido (isso é libertador);
  5. Nāo compre o que nāo precisa (pense 2x antes de adquirir qualquer coisa);
  6. Valorize as coisas que tem e nāo deseje o que nāo faz sentido;
  7. Consumo consciente e sustentável;

 

Concluindo ser minimalista é ter menos, nāo ter excessos e ser feliz assim. Nāo me considero uma pessoa minimalista, mais uso ensinamentos desse estilo de vida para manter a casa mais organizada. É prezar mais pela qualidade daquilo que se compra do que pela quantidade. E refletir sobre um consumo consciente e sustentável.

 

Recomendo a leitura do livro Menos é Mais e no blog Minimus Life tem ebooks que você pode baixar para te ajudar a ter um estilo de vida mais minimalista.

 

Baixe os ebooks

 

Outro blog que super recomendo com esse conceito é o Vida Minimalista da Camile Carvalho. Tem um post aqui falando sobre o programa de TV: Menos é Demais

Espero que tenham gostado do post. Lembre-se que o conceito minimalista pode ser aplicado a decoração, a moda, a arte, etc. Deixe seus comentários abaixo!

Assinatura