01

Como organizar brinquedoteca e espaços para brincar?

sexta-feira, 01 de abril de 2022

Freepik

 

Falar do Brincar nos remete a infância, fase genuína de nossas vidas e, quem não gosta de brincar? Porém, adotamos a máxima: “Brincar é coisa séria”, desenvolvida cientificamente com todos os objetivos de desenvolvimento global da criança. Mas, quanto tempo a criança deve brincar?

 

Atenção: Nossas crianças devem brincar sempre!
O tempo não controla a atitude do brincar de nossas crianças quando entendemos que:

  • Brincar é “infusão de alegria.”
  • Brincar aumenta a capacidade criativa.
  • Brincar traz bom humor.
  • Brincar é vital.
  • Brincar faz a criança reinventar o mundo.
  • Quando brincamos, damos vida ao tempo.
  • Quando brincamos, aprendemos.

 

Em tempos atuais, vários espaços lúdicos, ou seja, encantadores, mágicos, foram pensados para o Brincar saudável e seguro de nossas crianças, nas escolas, em clubes, em hotéis, em condomínios, em comunidades rurais, eventos culturais, universidades, em espaço reservado dentro do apartamento ou da casa; até mesmo em hospitais podendo minimizar o sofrimento causado pela internação, na certeza que Brincar pode fazer parte da evolução humana da criança. Não importa o tamanho do espaço, e sim, como criativamente você resolve a organização dos materiais que constituem o acervo brincante das crianças, como os sugeridos abaixo enquanto brincadeiras, que podem acontecer de forma individual ou em grupo, com amigos e familiares.

 

Na Brinquedoteca tem: Cantos lúdicos:

  • Canto da casinha
  • Canto dos carrinhos
  • Canto da leitura
  • Canto da música
  • Canto do teatro
  • Canto da exposição
  • Outros cantos:
  • Oficinas de artes
  • Mesas de jogos
  • Sucatoteca
  • Outras propostas

 

Importante: Em qualquer brincadeira sempre estará presente o caráter de educação, mas de forma prazerosa, genuína, acolhedora. Cuidar e educar andam em paralelo quando trabalhamos com as crianças. Os profissionais não precisam ser necessariamente pedagogos; porém, devem ter qualificação e constantemente preparados para “serem brinquedistas”, de preferência com formação superior e interesse em estudos específicos da área. Estudos em desenvolvimento infantil são fundamentais. Temos que conhecer com eficiência o público com o qual trabalhamos.

 

Brincar precisa de organização?
Aqui entra o assunto tão desejado de respostas, o papel do PERSONAL ORGANIZER! SIM – Organização é essencial para o bem-estar no brincar! Mesmo que em forma de entretenimento, não adianta apenas entender tecnicamente sobre a profissão do brinquedista nos quesitos fundamentais, tais como: faixas etárias, tipos de brincadeiras, brinquedos adequados, treinamentos dos profissionais atuantes; a profissão sugere o planejamento e organização dos cantos lúdicos, adequação dos brinquedos em caixas organizadoras prevendo a pouca durabilidade das embalagens de alguns brinquedos comprados e a perda consequente de peças dos jogos, a classificação de todos os itens pertinentes ao brincar e aos cantos lúdicos sugeridos acima, você cria os cantos que desejar, de acordo com o seu tipo de Brinquedoteca.

 

Freepik

 

 

Por onde começar?

Após definir o tipo de Brinquedoteca , seu público e os objetivos que deseja alcançar, você pode seguir este passo-a-passo:

1 – Mapeie o seu espaço do brincar para colocar a quantidade de brinquedos e mobiliários necessários e de forma adequada. Uma Brinquedoteca não precisa de uma infinidade de brinquedos. Lembre-se: criança precisa circular por este espaço;

2 – Verifique condições de luz, segurança, piso não escorregadio, local arejado, proteção das tomadas e outros itens relevantes para evitar riscos e perigos desnecessários;

3 – Reserve uma quantidade de itens e brinquedos como Acervo, desta forma você terá como trocar alguns brinquedos em reposição, higienização, devido peças faltantes ou até mesmo para tornar seu espaço sempre convidativo ao brincar. Lembre-se: Criança precisa de novidade! Àquele brinquedo preferido, único, pode passar um tempo sem aparecer, levando a criança a viver novas experiências. Já imaginaram a redescoberta deste brinquedo conhecido quando ele voltar à Brinquedoteca? Ele será como um brinquedo novo! Você pode explicar às crianças que o brinquedo vai para o “hospital das bonecas”, “fábrica de manutenção” ... Você precisa explicar às crianças que os brinquedos precisam ser cuidados como cuidamos uns dos outros. Isto não é uma forma de enganar as crianças, a ideia é educar, e a ação acontecer, de fato;

4 - Organize suas caixas organizadoras e todos os itens para a reconstrução deste ambiente! Dica: brinquedos com peças pequenas nunca devem estar ao alcance das crianças pequenas, materiais perfurocortantes, tais como tesouras, estiletes, fio de naylon, outros, são materiais de apoio do profissional responsável pelo espaço e, deve estar acondicionado em caixa reservada, de posse exclusivamente e unicamente do adulto. Crianças precisam ser assistidas por adultos! Pais, familiares, professores, brinquedistas, todos são responsáveis pelas crianças!

5 – Hora da arrumação: com seu projeto nas mãos, dívida por partes o seu trabalho e defina o tempo necessário para esta reforma do seu espaço do Brincar. Uma das ideias que funcionam muito é a divisão por *Cantos Lúdicos”! Caso o espaço seja pequeno, você pode criar sua “Brinquedoteca Itinerante”, armazenar as caixas organizadoras limpas e transparentes para que você enxergue o que contém, organizá-las num armário, prateleiras, cada coisa em seu devido lugar! O mercado oferece várias ideias de organização, pesquise e acredite em seu projeto, que deve ser flexível, ou seja, você pode realizar mudanças quando necessário, até mesmo prevendo o crescimento de seu filho, alunos e consequentes interesses da idade. E, lembre-se, o que não serve mais para seu filho, merece ser doado a quem precisa que será grato por este grande gesto altruísta, o bem-estar do próximo, ou seja, o Personal Organizer ensina valores ao nosso público mirim;

6 – Para uma melhor organização, existem vários métodos, a Esculpindo Arte utiliza-se do “Mind map”, Mapa mental, um tipo de diagrama, sistematizado pelo psicólogo inglês Tony Buzan voltado para a gestão de informações e organização das necessidades para a produtividade de seu trabalho.

7 – É caro reorganizar um espaço do Brincar? – Isto depende do seu planejamento e orçamento disponível para este serviço, porém você pode construir algumas caixas e itens de organização com a *Sucata inteligente*. Abuse de sua criatividade e descubra novos talentos em você!

 

 

Freepik

 

 

O que é a Sucata Inteligente?

São materiais descartados que não ofereçam riscos às crianças e aos profissionais.

Como elas devem ser? Importante:

  • Elas devem ser limpas e devidamente preparadas antes do início da utilização.
  • Elas precisam ser armazenadas em local arejado, fácil de limpar.
  • Elas devem conter etiquetas e classificadas (por faixa etária, cor, tipos de animais, etc.)
  • Elas devem ser revestidas por fita durex colorido em suas bordas, caso o material seja cortante, tais como as garrafas pets.

 

Sugestões para acervo de sucatas:

  • Tampas coloridas, revistas, garrafas plásticas, jornais, rolos de papel higiênico, papel toalha, bandejas de isopor, pregadores de roupa, caixas de fósforo, tecidos, outros.
  • Quais são os materiais de apoio para a utilização dos materiais dos adultos?
  • Fitas (crepe, durex, adesiva transparente e colorida)
  • Cola branca / cola quente (nunca ao alcance das crianças) / cola de bastão
  • Tesouras (se for para a criança usar, deve ser sem ponta)
  • Lápis, borracha, canetas de ponta fina e grossa, canetas de tecido
  • Papéis diversos e contacts
  •  Outros acessórios
  • Você pesquisa, você constrói, você aprende!

 

O que promove uma brinquedoteca em ambiente de lazer ou educacional?

A divulgação de informações sobre a importância da estimulação para o desenvolvimento do cérebro. Pesquisas sobre o desenvolvimento da resiliência. As inteligências múltiplas, a inteligência emocional e a importância do autoconceito positivo. O conceito de brinquedoteca como espaço voltado à disponibilização do brincar espontâneo e do desenvolvimento de atividades, que proporcionam às crianças oportunidades de agir sem o peso da expectativa de desenvolvimento determinado.

 

 

 

Esse post foi feito em parceria com  Sílvia Cristina Varella Queiroz, que é educadora e atriz. Formanda em Artes Plásticas, especialista em Arte Terapia e Brinquedista por vocaçāo e formaçāo. 

Site: https://www.silviavqueiroz.com.br/

Instagram 

Facebook

Youtube

Tel: (11) 99426-9876

 

Carregando os comentários...

Para receber atualizações e novidades

Redes Sociais

Aplicativo

iOS / iPhone: Toque no ícone e adicione na sua home.

Android: Toque na notificação que solicita a instalação do app.