Para receber atualizações e novidades:

Blog

Entrevista com a personal organizer: Gabriela Corrêa

05 de Junho de 2017 Kalinka Carvalho

Hoje recebo uma querida, além de ter uma alegria contagiante, ela é super prestativa e profissional. Por 18 anos foi executiva em banco e mesmo bem sucedida profissionalmente nāo se sentia realizada. Percebeu que suas habilidades em organizar a ajudar o próximo poderia ser a sua nova profissāo e embarcou nessa, vamos conhecer um pouco sobre a sua trajetória e se contagiar com sua alegria de viver: 

 

 

Gabriela Corrêa tem 37 anos de idade, 2 filhos, o Mathias de 11 anos e a Manuela de 8 anos. Tem o u shitsu de 7 anos, o Bombom. É divorciada e trabalhou em banco durante 18 anos onde aprendeu muito sobre relacionamento com o publico, táticas de venda, gestão de pessoas e finanças. Estudou em 5 faculdades e um curso técnico sem concluir nenhum. São eles Relações Públicas, Administração, Economia, Contábeis, Finanças e Design de Interiores. Hoje está realizada com a carreira de personal organizer. 

 

 

 


1) Kalinka: O que é uma personal organizer?

Gabriela: Personal Organizer, para mim, é aquela profissional que muda positivamente a vida das pessoas. Não organizamos apenas roupas ou pratos e talheres, organizamos todos os ambientes pessoais e profissionais dos clientes. Facilitamos o seu dia a dia.

 


2) Kalinka: Como funciona o trabalho de uma personal organizer?

Gabriela: Um Personal Organizer através de uma visita técnica conhece todas as necessidades dos clientes, conversando e tirando fotos. Após isso analisa de que forma pode transformar aqueles ambientes de forma a otimizar espaços, resolver pendências e solucionar a forma de acomodar os objetos sempre pensando em facilitar o dia a dia dos clientes.

Fonte: Arquivo Pessoal da Gabriela 

 


3) Kalinka: Quem são as pessoas que precisam de uma personal organizer?

Gabriela: Todas as pessoas precisam de um Personal Organizer, mas principalmente aqueles clientes que não tem tempo, não gostam de organizar e não sabem exatamente o que precisam para transformar o ambiente funcional.

 


4) Kalinka: A quanto tempo você trabalha como personal organizer? Porque resolveu ser personal organizer? O que mais gosta de organizar?

Gabriela: Completei 2 anos nesta nova profissão em maio. Resolvi ser PO devido ao tamanho do prazer que tenho em organizar todos os lugares que vou. Desde a minha casa, meu antigo emprego, casa de parentes...isso me gera felicidade, paz, tranquilidade e sensação de dever cumprido, além de fazer bem às pessoas. e isso me basta. O que me dá muito prazer em organizar é ambientes residenciais e pós mudanças. Mas meus olhos brilham muitoooooo de prazer organizando closet's.

 

Fonte: Arquivo Pessoal da Gabriela 

 


5) Kalinka: O que é necessário para se tornar uma personal organizer?

Gabriela: Para se tornar PO deve se fazer um curso de Formação e Capacitação na área que dura em torno de uma semana, com aulas práticas e teóricas. Após isso, treinar muito fazendo laboratórios gratuitos em casa de parentes e amigos até que se sinta segura. Importante também contratar uma empresa para criar a sua identidade visual, logo, cartões de visita, site, fanpage e instagram.

 


6) Kalinka: Onde atua o personal organizer? Há mercado para a profissão? Como é cobrado o valor?

Gabriela: Esta profissão vem crescendo muito nos últimos anos, há mercado sim, a procura está cada vez maior pelos profissionais que facilitam a vida dos cliente que não tem tempo. Sobre a cobrança, não existe o certo nem o errado. E também não há uma tabela. Algumas profissionais cobram um valor único por projeto, outras por diária...

 


7) Kalinka: Cite 3 coisas boas e 3 ruins de ser uma personal organizer?

Gabriela: hummmm dificil ruim hein, mas valos lá!

3 coisas boas?

  • transformar a vida das pessoas
  • ser dona da sua própria empresa e do seu tempo
  • ajudar o cliente a ganhar muito mais tempo com a vida dele toda organizada

3 coisas ruins:

  • quando encontramos pessoas trabalhando com PO sem serem PO
  • quando a cliente nos contrata mas não quer investir em material organizacional nenhum, então o resultado não fica tão satisfatótio

 


8) Kalinka: Dê alguma dica de organização ou conselho para nossos leitores: 

Gabriela: A minha dica é: descarte tudo aquilo que não usas, que está quebrado, que não funciona mais, papéis velhos, jornais e revistas velhas, fitas vhs, brinquedos quebrados...a energia da sua casa certamente vai melhorar muito!!!

 


9) Indique algum produto de organização que acha essencial ter: 

Gabriela: Para mim é essencial cabides padronizados em todos os armários da casa, colméias organizadoras para roupas intimas, meias e roupas de academia, e potes herméticos iguais para a cozinha.

 

Veja as dicas da Gabriela para a Sanremo:

 

Quer acompanhar o trabalho dela, acesse seus contatos:

www.gabrielacorreasolucoes.com.br

(51) 9840-2870

Instagram

Facebook

Assinatura